sexta-feira, 25 de maio de 2007

Convite para passeio ao deserto

Queridíssimos,

A pedido do cómico Mário Lino - entertainer de almoços e de convívios de autarcas do Oeste - estou a organizar, para um dos próximos sábados, um passeio ao Oásis Alcochete.

A concentração está prevista para a porta do Ministério das Obras Públicas - à Sé - de onde partirá a caravana de jipes 4X4 que atravessará a Ponte Vasco da Gama com destino ao Deserto a Sul do Tejo.

A primeira paragem será na Área de Serviço da Margem Sul, onde os nossos experientes motoristas necessitam baixar a pressão dos pneus, necessária à circulação nas dunas.

O trajecto até ao Oásis, onde serão servidos carapaus assados e enguias do Tejo, poderá ser feito, por escolha e conveniência dos participantes, quer continuando na caravana de jipes ou em dromedário (uma só bossa), o que torna a aventura muito mais excitante, pois tirando os beduínos tratadores e a areia, os participantes não encontrarão: "pessoas, escolas, hospitais, hotéis, indústria ou comércio"!

Reunidos os participantes será servido o almoço, em tendas, com pratos tradicionais do Oásis Alcochete. À tarde, a seguir ao pôr-do-sol no deserto - espectáculo sempre deslumbrante - será servido um chá de menta, após o que, a caravana regressa nos jipes, com paragem na área de Serviço da Ponte Vasco da Gama, para reposição da pressão dos pneus.

ALERTA: O tempo urge. Segundo as sábias e oportunas declarações do Dr. Almeida Santos, M. I. Presidente do PS as pontes são alvos dos terroristas pois podem ser dinamitadas a qualquer momento, pelo que, não se devendo construir novas, devemos aproveitar as que temos, enquanto estão de pé.

Conto convosco para esta inesquecível aventura ao Deserto a Sul do Tejo!

MUITA ATENÇÃO: A cada participante será exigida uma declaração por escrito onde se comprometem, durante toda a aventura, a não referir qualquer das seguintes palavras: diploma, curso, Independente, engenheiro, fax e inglês técnico.

Lamento informar, mas só estão disponíveis dromedários (1 bossa). Segundo o humorista Mário Lino, os camelos andam por aí à solta...

PS – ou aceitam este convite ou então, expedições ao deserto da margem sul....................”jamé”!!!

Recebi este convite e, como gostaria de me encontrar em numerosa companhia, o que facilita a orientação nas dunas, transmito-o a todos os amigos.

4 comentários:

PintoRibeiro disse...

Lamentável.
A correr mesmo, um abraço, bom fim de semana,

A. João Soares disse...

A correr, mas não demais porque a areia do deserto não permite grande velocidade. Cuidado com a pressão do pneus e com o sumo de uva da região de Palmela que tem teor mais alto do que o da região Oeste, facto que e conhecido de Lino.
Um abraço
A. João Soares

Jorge Borges disse...

Inscrevo-me já como participante, especialmente tendo em conta que não conhecia essa nova faceta do Sul português! Por acaso já estive em Marrocos há muitos anos, de mochila às costas, mas andei sempre de camioneta e nunca cheguei a conhecer o deserto. Ficava muito mais para Sul do que as cidades deslumbrantes que visitei...
Deve ser impressionante - e sobretudo de morrer a rir! - tentar vislumbrar um verdadeiro deserto, aqui, em Portugal!
Conte comigo para umas boas gargalhadas à pala do sr. engº. Lino!
Um grande abraço

A. João Soares disse...

Caro Jorge,
Não menosprezemos as qualidades estratégicas de Mário Lino. Senhor poderoso, como qualquer bom político português, ele vê para lá do horizonte e quando pretende olhar para a outra margem do Tejo, a imagem que lhe aparece é de muitos milhares de quilómetros lá longe em pleno Sara. E isso perturba-o e pretende manter-se nas áreas do Oeste com as vinhas de Arruda dos ditos.
Sobre isso sugiro a leitura do post «Ota.Justificação mal contada?»
aqui colocado em 24/5.

Um abraço amigo
A. João Soares